Virgin poderá comprar a Flybe

No Reino Unido, a Virgin Atlantic, companhia aérea de longo curso, surgiu como a principal companhia aérea em negociações para uma possível aquisição da maior companhia aérea regional da Europa, a Flybe - de acordo com fontes da Sky News.

A Flybe, opera 218 rotas em 10 países e realiza voos domésticos dentro do Reino Unido, bem como para cidades europeias - com o foco da sua operação em aeroportos secundários.

Na semana passada, a Flybe anunciou que estava "à venda" depois que os lucros antes dos impostos nos seis meses até 30 de setembro caíram 54%, para £ 7,4 milhões, e a receita caiu 2,4%, para 419,2 milhões de libras. Com a apresentação destes resultados, as acções da Flybe caíram quase 75% desde setembro. A companhia aérea está agora avaliada em aproximadamente 25 milhões libras , muito abaixo dos  libras que foi avaliada quando entrou na Bolsa de Valores de Londres em 2010.

Para a Virgin Atlantic, a Flybe seria interessante considerando as oportunidades de ligações que poderiam oferecer . Os passageiros poderiam viajar pela rede de longo curso, conectando-se a uma companhia aérea doméstica do Reino Unido potencialmente pertencente o grupo Virgin. Além disso, a Flybe teria acesso a valiosos locais de operação como é o caso do Aeroporto de Heathrow.

Toda a operação da seria "alimentada" pela Flybe, Virgin Atlantic e através dos parceiros Delta e Air France-KLM. 

O interesse da Virgin Atlantic na Flybe ocorre apenas quatro anos após o encerramento da sua companhia aérea doméstica britânica "Little Red".

Dada a presença estabelecida da Flybe em todo o Reino Unido, inclusive em Heathrow - a aquisição da Flybe pela Virgin Atlantic poderia permitir que ela tivesse acesso ao mercado interno do Reino Unido (novamente) de forma mais significativa e estratégica.

Em Heathrow, os slots atuais da Flybe são mais convenientemente comparados aos slots 'Little Red'. A Virgin Atlantic também tem o conhecimento de como o tráfego de passageiros pode alimentar os seus voos domésticos da Flybe a partir dos seus voos Virgin Atlantic / Delta, considerando a parceria de codeshare existente.

Finalmente, vale a pena ressaltar que a Virgin Atlantic tem atualmente um par de slots não utilizado em Heathrow, anteriormente alugados a companhias como a Cypriote a Cobalt Air.