Icelandair prepara compra da WOW

O conselho de administração do Grupo Icelandair fechou um acordo para comprar todas as acções da companhia aérea de baixo custo WOW Air.

O negócio será realizado caso exista aprovação por parte da assembleia de accionistas do Grupo Icelandair e respectiva aprovação por parte da Autoridade de Competição da Islândia.

Caso o negócio avance, as duas empresas irão operar com as suas marcas atuais.

A quota de mercado conjunta da WOW e da Icelandair representa 3,8% do mercado de aviação do Atlântico. A aquisição irá criar oportunidades para uma expansão em novos mercados e espera-se que o custo unitário do Grupo Icelandair diminua substancialmente.

Este negócio tem como objectivo preparar a Icelandair para competir com outras companhias aéreas no mercado internacional de aviação.

Segundo Bogi Nils Bogason, CEO do Grupo Icelandair: "A WOW Air construiu nos últimos anos uma marca forte e alcançou um sucesso considerável nos seus mercados.

Existem óptimas oportunidades para simplificar, mas as empresas continuarão a operar de acordo com suas próprias marcas sob suas próprias marcas e licenças de operação aérea. A indústria de viagens da Islândia é um elemento central da economia islandesa e é importante que o transporte aéreo do país esteja em mãos seguras.

Para Skúli Mogensen, fundador e CEO da WOW Air: "Estou muito orgulhoso do nosso sucesso e do que nós da WOW Air conseguimos construir nos últimos anos, e também estou grato pela fantástica recepção que tivemos desde o primeiro dia. Construímos uma equipa forte que teve um sucesso notável e foi pioneira na aviação de baixo custo em todo o Atlântico. Agora começamos um novo capítulo para a WOW Air, que tem a oportunidade de crescer com um forte patrocinador na Icelandair queirá fortalecera fundação da WOW Air na competição internacional".

A WOW Air e a Icelandair enfrentaram algumas dificuldades financeiras. A WOW Air anunciou recentemente que irá cortar os seus destinos dos EUA. Por outro lado, a Icelandair fechou vários acórdãos com s seus credores, tendo o Grupo vendido recentemente as suas operações de hotelaria, Icelandair Hotels e Hotel Edda.

A reunião de accionistas do Grupo Icelandair será realizada para tomar uma decisão final sobre a compra, estando programada para daqui a três semanas.